WORKSHOP DE CHÁ TAIWANÊS

Em este workshop convidamos os participantes a descobrir a cultura deste magnifico país, famoso pela qualidade de seus chás pretos e chás oolongs de alta montanha. Ainda que Taiwan não figure entre os maiores produtores de chá – produz por volta de 15 mil kg ao ano – sua história e tradições conservam uma cultura milenar em que essa bebida tem um papel marcante.

O workshop de chá taiwanês é composto por uma parte teórica e uma parte prática. Na primeira adentraremos na história desse país, conheceremos suas regiões produtoras, seu clima e relevo e indicaremos as principais características dos chás produzidos em seu território.

Na parte prática, vamos experienciar uma degustação guiada dos chás mais importantes de Taiwan e descobriremos juntos suas particularidades sensoriais como aroma, textura e sabor.

Não é necessário ter conhecimentos prévios para o workshop de chá de Taiwan.

Somente aceitamos reservas antecipadas.

A HISTORIA DO CHÁ TAIWANÊS

Os primeiros cultivos de chá em Taiwan datam do ano 1.700, mas estes não se destacavam por sua qualidade. Somente mais recentemente, no século XIX, quando trouxeram um carregamento de sementes de chá provenientes da província de Fujian, China, é que o chá se estabeleceu firmemente em terras taiwanesas, já que se descobriu que o clima e a geografia eram excepcionais para a produção de chás de alta qualidade.

A história de Taiwan é, sem dúvida, perpassada pela cultura chinesa já que desde meados do século XX, logo após o término da 2° G.M, a ilha é governada por aquele gigante asiático. Por esse e outros motivos o chá conquistou um lugar muito importante entre as tradições de seus habitantes.

Um exemplo claro é o da cerimônia taiwanesa de chá, conhecida como Wu-Wo. Da mesma forma que na China, essa cerimônia requer muita destreza na hora de servir o chá, uma vez que deve seguir certos passos e normas muito claras. Também carrega uma conotação espiritual, de união entre os participantes, e representa uma demonstração de respeito, amor e fraternidade entre os que nela estão tomando parte.

Na atualidade a forma mais moderna de consumir o chá em Taiwan é o “bubble tea”: uma bebida feita a base de chá frio ou quente, batido com pequenas bolinhas de tapioca em diversos sabores. Em alguns casos também se adiciona leite. É uma das bebidas mais consumidas entre os jovens taiwaneses, disponível em toda a cidade em lojas de rua estilo “fast-food”.

A PRODUÇÃO DE CHÁ TAIWANÊS

Aproximadamente metade da ilha de Taiwan é formada por montanhas, cujo pico mais alto, Yu Shan ou “Montanha de jade”, onde é produzido o famoso chá “oolong de jade”, se encontra a 3.952 metros de altura,. O clima é, em geral, tropical marítimo na costa, e subtropical nas zonas montanhosas.

Graças a essas condições geográficas e climáticas Taiwan se destaca pela produção de variedades únicas de chá oolong.

As principais zonas produtoras de chá estão nos arredores de Taipei, famosa pela produção de Tie Kuan Yin oolong, Jade oolong e Amber oolong. Em Wenshan (Pinglin) se produz o Paochong o Pouchong. Nantou é conhecida pela produção de Dong Ding oolong e por chá preto em pequena quantidade. Alishan e Lishan são o local de produção dos chás oolong que levam esse nome e, finalmente Tao-Chu-Miao, conhecida pela produção do excêntrico Oriental Beauty, também chamado de Bai Hao oolong o Fanciest Formosa oolong.

Esse último chá, o Oriental Beauty, tem uma fama muito particular, porque depende da picada de uma pequena lagarta que morde as folhas da planta de chá, rompendo suas celulas e permitindo que, assim, se inicie a oxidação nas folhas quando ainda estão na planta. Venha descobrir mais e se deliciar no Workshop de chá taiwanês!

PROGRAMAÇÃO DO WORKSHOP

São Paulo

Idioma: Português

Ministrado por:

Data:

Horario:

Local:

Venda antecipada:
Vagas limitadas, somente com reserva antecipada.

POR QUE ESCOLHER O CLUBE DO CHÁ?

  • Porque conta com a melhor equipe de professores* no âmbito mundial: Victoria Bisogno, fundadora e presidente, é autora dos livros “Manual do Sommelier de Chá”, editado em espanhol, inglês, italiano e português; “A Alquimia do Chá”, editado em espanhol, inglês, português e coreano e «A Cata: A Análise Sensorial do Chá», editado em espanhol. Victoria também é palestrante na World Tea Expo, é fundadora de Charming Blends e foi indicada a “Best Tea Educator” nos World Tea Awards 2015 y 2016. Kenny Vega é tea sommelier certificado e fundador de Punto de Té e Puerh.online.
  • Ultrapassa fronteras e atinge o mundo inteiro: mais de 1.200 alunos da Europa, América Latina, Estados Unidos e Ásia fizeram os cursos de O Clube do Chá e ratificaram a sua qualidade.
  • É a organização que gerou mais empreendedores** na América e na Europa. Nos últimos anos formaram-se mais de 120 empresas de chá fundadas por alunos graduados no O Clube do Chá.
  • É a única organização que tem livros especializados escritos por sua equipe de professores.

* World Tea Awards 2014, 2015 e 2016.
** Empresas de nossos alunos

MAIS INFORMAÇÕES





Empresas de Nossos Alunos